{ "data": [ { "event_name": "Purchase", "event_time": 1654007988, "action_source": "email", "user_data": { "em": [ "7b17fb0bd173f625b58636fb796407c22b3d16fc78302d79f0fd30c2fc2fc068" ], "ph": [ null ] }, "custom_data": { "currency": "BRL", "value": 2.99 } } ] "test_event_code:" "TEST65937" }
top of page
  • Foto do escritorTiago Araripe

Ponte entre duas vozes. E dois mundos.


Vânia Bastos e Arrigo Barnabé, em momento de show realizado em São Paulo.


Não sei precisar quando ou de que forma conheci Vânia Bastos. Provavelmente no Lira Paulistana, ponto de encontro de artistas, músicos e todos que estavam ligados ao que acontecia na cena cultural de São Paulo. E muito da cena de então tinha como palco o Lira Paulistana. O importante é que eu já sabia de Vânia dos exuberantes shows com Arrigo Barnabé, primeiro dividindo os backing vocals com Tetê Espíndola, depois como solista.


O que lembro bem é de estar presente na estreia do show Clara Crocodilo. Não, não foi no Lira Paulistana. Apesar do nome de Arrigo estar diretamente vinculado à vanguarda paulista, e a vanguarda paulista ser indissociada do Lira Paulistana, a verdade é que a banda dele simplesmente não cabia no palco do teatrinho da praça Benedito Calixto.


Fato é que ao convidar Vânia e Passoca, então casados, a fazerem parte dos vocais do álbum que estava gravando pelo Lira Paulistana, prontamente aceitaram. Assim, somaram com o numeroso elenco de Cabelos de Sansão, que chegou ao total de 36 artistas e músicos.


Ao compartilhar a voz com Vânia Bastos no single Lugar ao Sol, é como se fizesse uma ponte no tempo e no espaço (eu em Portugal , ela em São Paulo). Uma reverência ao Lira Paulistana, por tudo que representou para tantos artistas, como Itamar Assumpção, Grupo Rumo, Premê, Tetê Espíndola, Língua de Trapo, Papa Poluição, Sexo dos Anjos, pra mim, a própria Vânia e tantos outros.

 

Lançamento do single Lugar ao Sol

Quando: 3 de março

Onde: Nas plataformas de música

E mais: Lançamento de clipe no canal de Tiago Araripe,

com direção do fotógrafo e videomaker Augusto Pessoa.


Ficha técnica

Vozes: Tiago Araripe e Vânia Bastos

Arranjo, violão: Pablo Romeu

Piano: Daniel Félix

Mixagem, masterização: Anfrísio Rocha









Posts recentes

Ver tudo

3 Comments


abrito1953
Feb 22, 2021

Lugar ao sol e ponte, lembrou-me de um poeta da cidade das pontes de tantas perdas. Recentemente o fundador da Livro 7 se foi. Então como não sei cantar nem compor, aproprio-me com a devida permissão das palavras do poeta recifense, pois sei que esse seria o seu desejo. _______________________ TECENDO A MANHÃ

Um galo sozinho não tece uma manhã: ele precisará sempre de outros galos. De um que apanhe esse grito que ele e o lance a outro; de um outro galo que apanhe o grito que um galo antes e o lance a outro; e de outros galos que com muitos outros galos se cruzem os fios de sol de seus gritos de galo, para que a manhã, desde uma teia tênue, se vá tecendo, entre todos os…

Like
abrito1953
Feb 23, 2021
Replying to

João Cabral de Melo Neto é o poeta,

Like
bottom of page