• Tiago Araripe

Novo álbum de velas ao vento

Atualizado: Jun 27


Dada a largada da campanha colaborativa pelo nosso terceiro disco. (Capa: André Venancio)


Música aproxima pessoas. Reata laços. Preenche vazios. Marca momentos. Torna inesquecíveis acontecimentos que valem ser revividos.


Como não poderia deixar de ser, tudo isso me move a fazer das canções terreno fértil da minha existência. E olha que, mesmo com longos hiatos entre lançamentos de álbuns e apresentações em shows, esta tem sido uma jornada e tanto. Nela, as decepções (quem não as tem?) foram superadas, de muito, pelas alegrias.


Agora que me aproximo dos 70 anos, pensei em celebrar as sete décadas de vida com o maior número possível de amigos, mesmo à distância. Pessoas espalhadas em diversos lugares do mundo, mas perto do coração.

A ideia já está em andamento: produzir novo álbum com a participação de amigos como você. Pra isso, estou contando com a parceria da Benfeitoria, plataforma de financiamento coletivo ou crowdfunding. (Conheça o projeto em detalhes aqui.)


Não se trata de um pedido de ajuda ou de doação, e sim de colaboração e troca: você dá a sua parcela de contribuição e retribuímos com uma recompensa à sua escolha.

Falo de ter as suas digitais na realização do nosso terceiro disco, Terramarear. O título é mais que a fusão de palavras representativas dos elementos da natureza: é um desses guardados que a gente tem, com muito carinho, na memória. Vem de uma coleção de livros que eu adquiria, nem sempre com facilidade, na Livraria Ramiro, lugar mágico da minha adolescência no Crato cearense.


As capas tinham um leiaute que me estimulava a imaginação: sempre reproduziam uma ilustração relativa a viagens de navio, de balão ou nave espacial, de expedições em florestas ou desertos remotos. Lembro em especial de um desses romances: Aventuras de Arthur Gordon Pym, de Edgard Allan Poe (1809-1849), aqui passando ao largo dos contos que o celebrizaram.


(Já tinha dado por concluído este texto, quando recebo mensagem do médico Eugênio Gomez, lembrando que a coleção incluía as edições da série Tarzan, de Edgar Rice Burroughs, em traduções primorosas de craques como Manuel Bandeira, Monteiro Lobato e Mário Quintana.)


Pedi ao diretor de criação André Venâncio, com quem trabalhei durante muitos anos em agências de publicidade em Fortaleza e no Recife, que se inspirasse no visual da coleção para fazer a capa do álbum Terramarear. E assim ele fez, com a colaboração do ilustrador Rodriguez Júnior, que deu forma à sua ideia.


Gosto do resultado, inclusive do aspecto de livro envelhecido pelo excesso de uso, símbolo de algo que ressurge renovado a cada (re)leitura. O farol a guiar o navegante no mar agitado também é uma imagem forte, principalmente no delicado momento que a humanidade vive, em especial o Brasil.


O disco começou com o EP Na Mala, Só a Viagem, gravado no Recife em 2017, um ano antes de eu e Ana Ruth nos transportarmos de malas e bagagens pra Portugal. Então ele traduz esse movimento migratório que nos impulsiona a novas descobertas.


Falarei mais do novo álbum depois. Importante agora é afirmar: o projeto é uma forma de contribuir com a causa ambiental. Os valores que excederem as duas metas da campanha serão destinados à Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico, instituição da qual fui sócio e monitor quando morava no Brasil .

Arte: Gustavo Santana | Leiaute: Evandro Borel


Benvindo(a) a bordo da campanha pela realização de Terramarear. Com sua participação, não há dúvida de que navegaremos com o vento soprando a favor.


NOSSA ESPECIAL GRATIDÃO

A QUEM JÁ ESTÁ PARTICIPANDO.


Estamos no início da jornada, mas já temos alguns colaboradores presentes, a quem somos especialmente gratos. São eles, em ordem alfabética:


  • Alan Romero

  • Anabela Alencar Araripe Moura Lacet

  • Ana Cecília Bastos

  • Ana Claudia Franco Ribeiro Wheaton

  • Ana Cristina Gomes Bezerra

  • Ana Lydia Ferraz

  • Anônimo (seja quem for)

  • Antonio Roazzi

  • Antonio Rosemberg de Moura

  • Ascelino Mendes Júnior

  • Assis Lima

  • Bárbara Maria de Alencar

  • Calazans Callou

  • Charles Alan Feitosa

  • Clarissa Araripe

  • Cássio de Lima Arantes

  • David van den Brule e Jamilly

  • Eduardo Bichir Cassis

  • Eugênio Gomez

  • Fabiana Cavalheri Parajara

  • Francisco Assis de Souza Lima

  • Igor Gazatti

  • Jailma Santos Monteiro

  • Jefferson de Albuquerque Júnior

  • José Esmeraldo Gonçalves

  • José Hélio Ferreira dos Santos

  • José Wilson Areia Mendes

  • Lívia de Carvalho Rosas

  • Luis Manuel Rodrigues Henriques

  • Marcel Cunha Criniti

  • M Wolf

  • Moema de Alencar Araripe

  • Monica Nunes

  • Múcio Duarte

  • Pedro de Lima

  • Ricardo Santana

  • Rita Cassia Vasconcellos Prado

  • Rodrigo Araripe

  • Sandra Silva

  • Tatiana Damasceno de Queiroz

  • Zínia Araripe

  • Walter Ariano Júnior


Também merecem nosso profundo reconhecimento:

  • Ana Ruth Brito e toda a nossa família, pelo apoio de sempre.

  • Augusto Pessoa, pelo clipe de Lugar ao Sol.

  • Dalwton Moura, pelo apoio usual.

  • Marcos Lessa, pela participação especial no álbum e colaboração com a campanha.

  • Vânia Bastos, pela participação especial em Lugar ao Sol.

  • Zeca Baleiro, pela participação especial no álbum e colaboração com a campanha.

  • Wilson Bentos, pela leitura crítica do projeto.

  • Todos os parceiros, produtores e músicos das canções do álbum.

  • Todos que estão contribuindo com a divulgação.

130 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo