• Tiago Araripe

Brasil e Portugal: as duas faces da comunicação de "Terramarear".

Atualizado: Set 7



Sessão fotográfica em Lisboa, para a divulgação de Terramarear. (Foto: Líbia Fiorentino/WCOM)


Terramarear-Spread
.pdf
Download PDF • 5.98MB

Baixe o encarte do álbum e acompanhe as letras e fichas técnicas das canções.



Com Terramarear, vivencio a nova experiência de acompanhar, simultaneamente, as nuanças da comunicação do álbum em dois países de continentes distintos. Cada um com seus desafios específicos.


Em terras brasileiras, a comunicação ficou nas mãos experientes de Adriana Bueno, da Adriana Bueno Comunicação; do lado de cá do Atlântico, foi entregue aos cuidados de Raquel Areia e César Rocha, da WCOM/Portugal.


Perguntei a Adriana e a Raquel que estratégia de comunicação adotaram e quais os principais desafios que encontraram ao realizar o trabalho.


De acordo com Raquel, o desafio em Portugal é maior por dois motivos:


a) Mesmo a considerar que Portugal e Brasil falam o mesmo idioma, há muitas particularidades de linguagem entre os dois países. Se no Brasil de dimensões continentais, por exemplo, há diferenças evidentes de sotaques e expressões de região a região, imagine a intensidade dessas diferenças quando há o Oceano Atlântico inteiro entre terras brasileiras e a costa portuguesa.


b) O completo desconhecimento do público português com relação ao meu histórico musical.


"A nossa estratégia foi fazer a comunicação com o mínimo de ruído possível", disse Raquel. "Para isso, nós fizemos a adaptação da linguagem para o português falado em Portugal. Isso porque, quando enviamos o press-release, a ideia é que ele seja o mais claro possível, que o repórter que o receba e leia consiga entender tudo sem precisar, necessariamente, nos telefonar pra que seja complementada a informação. Por isso a necessidade dessa comunicação sem ruídos."


"Mas acho que esse não foi o maior desafio", ela continua.. "O grande desafio foi achar o tom do release, porque o Tiago tem um historial no Brasil, um histórico musical de décadas, quase 40 anos de Cabelos de Sansão, e aqui as pessoas não conhecem Tiago, não conhecem seu trabalho."


Raquel percebe que isso acontece nas duas direções: quando se trabalha com artistas conhecidos em Portugal, mas desconhecidos no Brasil, e vice-versa, como no meu caso.


"Existia esse fato, de que você não tinha essa carreira tão longeva, apesar de você já ter. Então foi achar esse tom entre você estar recomeçando e, ao mesmo tempo, não perder tudo o que você já fez. Em resumo, o nosso maior desafio foi saber que nós partimos do zero, entender e aceitar isso."


Por sua vez, Adriana Bueno me enviou um texto onde expõe a estratégia de comunicação que adotou, em especial considerando o momento da pandemia que atravessamos:


"A divulgação do lançamento de Terramarear no Brasil ressaltou a trajetória do artista, desde o início de sua carreira nos palcos do Recife, o lançamento de seu primeiro LP pelo Lira Paulistana, colaborações com Tom Zé, Vania Bastos, Zeca Baleiro, Juliano Holanda e Nonato Luiz, até a nova fase em Portugal, ultrapassando fronteiras e reunindo músicos de diversas partes do mundo.


Com as redações ainda mais enxutas em virtude da pandemia e os impressos com pouco espaço para cultura, iniciamos os contatos e o envio de material para os jornalistas que já escreveram sobre Tiago e seu trabalho anteriormente, e depois ampliamos, principalmente para os veículos online, onde os espaços são mais generosos.

Rádios com programas de entrevista ou com espaço para MPB também foram contatadas com prioridade."


A Adriana, Raquel e César, minha gratidão pelos resultados do trabalho benfeito.


Sou grato também ao letrista, jornalista e produtor cultural Dalwton Moura pelo apoio à divulgação do álbum, em especial no Ceará.

Reproduzo, a seguir, as opiniões públicas sobre Terramarear que me chegaram às mãos no primeiro mês de vida do álbum, bem como as notas publicadas nos mais diversos veículos de comunicação do Brasil e de Portugal.


Adicionei as participações iniciais em programas de rádio (há outras já programas nos dois países), bem como campanha direcionada ao público português no Facebook e no Instagram.


Ao clicar nos títulos, você acessa o conteúdo das matéria (exceção à nota de O Povo, só disponível aos assinantes do jornal).


REPERCUSSÃO DE TERRAMAREAR NOS DOIS LADOS DO OCEANO ATLÂNTICO



BRASIL


Opinião


06/08/2021 - Julinho Bittencourt, Revista Fórum


"TERRAMAREAR", DE TIAGO ARARIPE, CHEGA ÀS PLATAFORMAS DIGITAIS COM JEITO DE CLÁSSICO


Trecho:


"A gestação e nascimento do álbum foram devidamente acompanhados por esta coluna. São belas canções lançadas aos poucos que revelam, sobretudo, a rota de vida que seguiu o autor, desde Crato, no Ceará, passando por Recife, São Paulo e Fortaleza, até a vila do Bombarral, em Portugal, onde passou a morar desde 2018.


Vale ressaltar em “Terramarear” a grande variedade musical, maneiras de compor, interpretar, arranjos profusos, enfim, as muitas formas que existem dentro da música de Tiago Araripe."

04/08/2021 - Aquiles Rique Reis, A Gazeta, GGN e Tutameia


A VIAGEM DE CRATO PARA O MUNDO, O CD DE TIAGO ARARIPE


Trecho:


"Cada música, cada arranjo, me relembravam músicas de Tiago Araripe que um dia ouvi e que hoje marcam o talento de seu criador. Sons de órgão, naipe de sopros, batera, violões de seis, doze e sete cordas, cavaquinho, percussão, guitarras, baixo, gaita, piano, sintetizador, banjo, sampler, acordeom e coro."


31/07/2021 - Aquiles Reis, Jornal do Brasil (Rio de Janeiro, RJ):


A VIAGEM DE CRATO PARA O MUNDO


Trecho:


A sonoridade do disco tem momentos irresistíveis. Desde o suingue característico das músicas nordestinas à levada caboverdiana, passando pela beleza da música portuguesa, tudo ali é uma senha que desvenda o álbum de beleza ímpar.”

28/07/2021 - Jotabê Medeiros, blog Farofafá:


CANÇÕES DO ANTI-EXÍLIO NA VOZ DE TIAGO ARARIPE


Trecho:

"Há três anos vivendo em Bombarral, em Portugal, na região das antigas terras da rainha, Tiago Araripe já contrabandeia a sonoridade dessa nova condição para seu disco, um dos grandes deste ano dois da pandemia."

28/07/2021 - Daniel Brasil, Revista Música Brasileira:


VIAGENS SONORAS DE TIAGO ARARIPE


Trecho:


“Para quem não conhece, o disco pode surpreender. Pra quem já curtia Tiago Araripe, versos como 'Diante de silêncios de gelo, / eu me calo / pelos cotovelos' só confirmam a verve inquieta do trovador cearense-universal, que incorpora agora temperos afro-lusitanos em sua culinária musical.”

27/07/2021 – José Teles, Facebook e Instagram:


Texto completo (os destaques são meus):


"Na cena udigrudi do Recife (e Olinda), dos anos 70, um dos grupos mais originais era o Nuvem 33, na verdade, um coletivo, que não fazia exatamente shows, mas happenings. Um dos principais músicos do Nuvem 33 foi o cearense Tiago Araripe, que veio estudar no Recife, mas foi arrastado pela música. Logo estaria em São Paulo. Foi aluno e parceiro de Tom Zé, o poeta Augusto de Campos assina a versão de Little Wing, de Jimi Hendrix, que Tiago gravou no LP de estreia, Cabelos de Sansão (1982, Lira Paulistana). Antes, com o grupo Papa Poluição, gravou dois compactos, em 1976/77.

Décadas depois, Tiago Araripe estava de volta ao Recife, trabalhando numa agência de publicidade. Em 2013, gravou o CD, Baião de Nós, com selo Candeeiro Records. Ontem, 26 de julho, chegou às plataformas de música por stream, Terramarear, seu terceiro álbum, este com um sabor muito especial. É uma celebração aos 70 anos de Tiago Araripe, que há três anos mora em Portugal, em Bombarral, ao Norte de Lisboa.

A internet facilita a que o músico retome ou abra o leque de parcerias. Retoma com Zeca Baleiro a parceria iniciada em Baião de Nós. Assinam Você É Um Oásis, que abre o repertório de 14 faixas de Terramarear, com gêneros e climas variados.


Tiago Araripe é da geração que valoriza a melodia e burila versos.

Um disco que tem 37 músicos, brasileiros, portugueses, africanos, meia dúzia de participações especiais, entre estas Isadora Melo, Marcos Lessa, Nonato Luiz, Vânia Bastos, Zeca Baleiro e a cantora portuguesa Mara. Acrescente-se a este contingente; seis parceiros, Zeca Baleiro, Rogério Franco, Marcos Lessa, Juliano Holanda e Nonato Luiz e oito produtores: Adelson Viana, Caio Castelo, Cristiano Pinho, Jefferson Portela, Juliano Holanda, Pablo Romeu, Tahina Rahary e Walter Areia.


Ecos dos anos 70, das ousadias da Vanguarda Paulista, do próprio Tom Zé estão em Meus Para-Choques (com Marcos Lessa): “Duas Toalhas de papel/são suficientes/para secar as mãos”, versos que são recorrentes na canção. Um disco que vai descortinando-se a cada audição. Confiram-no."

26/07/2021 - Mauro Ferreira, G1:


TIAGO ARARIPE ABARCA ZECA BALEIRO NA PONTE BRASIL-PORTUGAL QUE SUSTENTA O ÁLBUM TERRAMAREAR


Trecho:


Terramarear é o primeiro álbum de Tiago Araripe desde Baião de nós (2013), disco que sucedeu o já longínquo primeiro álbum do artista, Cabelos de Sansão, lançado pelo selo Lira Paulistana em 1982.”

Entrevistas - Rádio (programadas e realizadas)



10/09/2021 - 12h (Brasília) - Colibri na Quarentena, apresentação de Colibri (Rádio Brasil Atual FM 98,9)


04/09/2021 - 12h (Brasília) - Qual é o Tom do Ceará, apresentação de Ian Gomes (Rádio FM Assembleia 96,9 MHz, Fortaleza, CE)


31/8/2021 - 19h (Brasília) - Deleites do Forno, produção de Geraldo Leite e Marcelo Brissac (Rádio Deleite)


11/8/2021 - 18h (Brasília) - Conversa de Botequim, produzido por Jaqueline Chala e Bruna Linhares, com apresentação de Alan Barcelos (Cultura FM 107,7, Porto Alegre - RS)


10/08/2021 - 20h (Lisboa) - Soulstício (gravação) com António Santos (RDP África 101,5 FM - Lisboa, PT)


07/08/2021 - meio-dia (Brasília) - O Disco da Semana, com Nelson Augusto (Universitária FM 107,9, Fortaleza - CE)


01/08/2021 - Rádio Outra Frequência - Outra Frequência #332 (Tiago Araripe, Sons de Mercúrio, Mussa e +)


31/07/2021 - Balaio Cultural, com Gisa Franco e Zema Ribeiro (Timbira AM 1290, São Luiz, MA)



31/07/2021 - O Povo no Rádio, com Maísa Vasconcelos (O Povo CBN FM 95,5, Fortaleza, CE)



Notas


18/08/2021 - Hora Campinas (Campinas, SP)


TIAGO ARARIPE LANÇA ÁLBUM COM PARCERIAS ENTRE BRASIL, PORTUGAL E ÁFRICA

29/07/2021 - Alison Pitangueira, site Versos e Prosas (Belo Horizonte, MG):


NOVO ÁLBUM DE TIAGO ARARIPE REÚNE MÚSICOS DO BRASIL E DO MUNDO

29/07/2021 - site Papo Cult (Fortaleza, CE)


TIAGO ARARIPE LANÇA TERRAMAREAR E ULTRAPASSA FRONTEIRAS

Sem data - Portal Terra da Luz - Ceará:


TIAGO ARARIPE LANÇA DISCO TERRAMAREAR EM PLATAFORMAS DIGITAIS

26/07/2021 - Portal Nine (Sorocaba, SP):


TIAGO ARARIPE COMEMORA 70 ANOS COM TERRAMAREAR E ULTRAPASSA FRONTEIRAS

26/07/2021 – Cláudia Costa, Ideia Delas (Londrina, PR):


TIAGO ARARIPE COMEMORA 70 ANOS COM TERRAMAREAR E ULTRAPASSA FRONTEIRAS

26/07/2021 - Eliomar de Lima, O Povo (Fortaleza, CE):


COMPOSITOR CEARENSE TIAGO ARARIPE LANÇA NESTA SEGUNDA SEU NOVO DISCO

26/07/2021 - site Rádio Popular Oficial


TIAGO ARARIPE ABARCA ZECA BALEIRO NA PONTE BRASIL-PORTUGAL QUE SUSTENTA O ÁLBUM 'TERRAMAREAR'

23/07/2021 – Roger Lerina, site Matina Jornalismo (Porto Alegre, RS):


TIAGO ARARIPE COMEMORA 70 ANOS COM ÁLBUM TERRAMAREAR



PORTUGAL


20/07/2021 - Notícias ao Minuto:


CANTOR BRASILEIRO TIAGO ARARIPE APRESENTA NOVO ÁLBUM TERRAMAREAR

19/07/2021 - Portal SAPO:


MÚSICO TIAGO ARARIPE EDITA ESTE MÊS NOVO ÁLBUM EM SIMULTÂNEO NO BRASIL E EM PORTUGAL


VENHA TERRAMAREAR



Pedidos de compra de Terramarear

podem ser encaminhados ao e-mail tiagoararipe.pro@gmail.com .


Os valores são, respectivamente,

38 reais (quem está no Brasil) e 10 Euros (quem está na Europa).


Efetuada a transferência bancária, de modo simples e direto, o álbum será enviando

ao e-mail indicado em arquivos mp3

de alta qualidade, com encarte em PDF

em dois formatos de visualização.

181 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo